Magister Templi

Magister Templi – (Mestre do Templo) - De quem as funções estão completamente descritas no Liber 418, como é toda essa iniciação a partir de Adeptus Exemptus. Veja também “Aha!”. Seu principal dever é cuidar do seu “jardim” de discípulos, e obter uma compreensão perfeita do Universo. Ele é um Mestre de Samadhi. (Uma Estrela à Vista)

O Grau de Mestre do Templo é descrito em Liber 418, como indicamos acima. Existem completos relatórios nos Diários Mágicos da Besta 666, que foram projetados no Céu de Júpiter, e de Omnia in Uno, Unus in Omnibus, que foi projetado na esfera dos Elementos. A Consecução essencial é o aniquilamento perfeito daquela personalidade que limita e oprime o verdadeiro ser. O Magister Templi é preeminentemente o Mestre de Misticismo, isto é, seu Entendimento está inteiramente livre da contradição interna ou obscuridade externa. Seu trabalho é compreender o Universo existente de acordo com Sua própria Mente. Ele é o Mestre da Lei de Sofrimento (Dukkha). (Uma Estrela à Vista)

Avanço

Para atingir o Grau de Mago ele deve realizar Três Tarefas:

  • a renúncia de Seu deleite no Infinito para que ele possa formular-Se como o Finito
  • aquisição dos segredos práticos da iniciação e do governo de Seu proposto novo Universo
  • e identificação de si mesmo com a idéia impessoal do Amor. Qualquer Neófito da Ordem (ou, como alguns dizem, qualquer pessoa) tem o direito de exigir o Grau de Mestre do Templo tomando o Juramento do Grau. É expressamente necessário observar que para fazer tal coisa é a mais sublime e mais terrível responsabilidade que se é possível assumir, e uma pessoa não merecedora incorre as mais tremendas penalidades pela sua presunção.

(Uma Estrela à Vista)